filtro de saída - parte I

A importância do filtro de saída - Parte I

Sempre falou-se em antispam filtrando aquilo que chega de indesejado, vírus, fraudes, entre outros. As necessidades mudaram, as tecnologias foram aprimoradas e cada vez mais as empresas tem se preocupado em proteger tambem o que sai do servidor de e-mail. Uma senha roubada, uma aplicação mal configurada, um usuário mal informado ou mesmo um vírus em uma estação, pode causar um enorme transtorno. Ips em listas negras, má reputaçao do domínio, alto trafego na link, entre outras dores de cabeça.

Para evitar que isso aconteça o ideal é ativar o filtro de saída. Além de manter seu e-mail seguro, o filtro de saída faz o processo de verificação por virus, urls perigosas, macros, arquivos executáveis e, ainda, podemos limitar o número máximo de envios por hora para departamentos/usuários específicos da sua empresa, com um nível de personalização que vai te surpreender e atender qualquer necessidade.

Se alguma das contas exceder o limite, a mensagem será automaticamente bloqueada e uma notificação será enviada ao administrador da conta para que o problema possa ser resolvido.

Veja alguns exemplos dos ajustes que podem ser feitos:

 

@* - Valor de limite que se aplica a todos os dominios do seu servidor.

* - Todos os outros remetentes estão limitados a 150 destinatários por hora

0.0.0.0 - Máquinas que estão limitadas a 500 destinatários por hora

10.2.3.4 - A máquina está limitada a 10.000 destinatários por hora

antispam@exemplo.org - Limite de 500 destinatários por hora

exemplo.com - Todos os remetentes desse domínio estão limitados a 200 destinatários por hora

@exemplo.net - Limite de todos os e-mails dentro desse domínio

novidade@exemplo - Não existe taxa de limite

unodata@exemplo.org - Limite de 100 destinatários por hora

 

Caso tenha interesse em ativar o filtro de saída no seu antispam, entre em contato conosco.