filtro de saída

A importância do filtro de saída - Parte II

Semana passada falamos um pouco sobre a importância do filtro de saída. Hoje daremos continuidade ao assunto trazendo um exemplo mais preciso e real de um cliente.

Além de ser capaz de verificar todo o conteúdo da mensagem, anexos perigosos, urls suspeitas, antivirus e uma vasta possibilidade de personalização, uma funcionalidade importante e essencial do filtro de saída é limitar o número de envios que uma conta ou um domínio pode realizar por hora.

O limite por hora pode ser ajustado para cada conta, criando exceções e permitindo limites diferenciados. Ainda, caso uma conta exceda o valor estabelecido, pode ser tomada decisões diferentes.

Rejeitar – o remetente que exceder a taxa limite é automaticamente bloqueado e as novas mensagens são rejeitadas.

Falha Temporária – o remetente que exceder a taxa limite é automaticamente bloqueado e as novas mensagens são mantidas no antispam com falha temporária. Após uma verificação por parte do administrador, o envio pode ser permitido ou bloqueado definitivamente.

No gráfico abaixo podemos observar um caso real. Imagine se o filtro de saída não estivesse em funcionamento:

Gráfico de caso real

Cerca de 360 mil mensagens de um único usuário em um dia ou quase 4 milhões de mensagens indesejadas seriam enviadas para o mundo. Certamente a reputação do IP e domínio ficariam comprometidas com a inclusão em RBLS como Sorbs, Spamcop, entre tantas outras.

Para mais informações sobre o filtro de saída Unodata entre em contato conosco.