Descubra agora como fazer gestão de celulares corporativos

Descubra agora como fazer gestão de celulares corporativos 1
4 minutes to read

O uso de dispositivos móveis no ambiente corporativo é algo crucial para qualquer empresa que pretende se manter competitiva no século XXI. Mas isso só pode ser bem feito caso o negócio tenha o apoio de uma política de gestão de celulares corporativos.

Essa estratégia dá mais controle para o gestor sobre os aparelhos utilizados no seu dia a dia. Além disso, evita problemas de segurança e vazamento de dados. Por isso, deve ser visto como algo estratégico para qualquer empresa que mantém esse tipo de aparelho como meio de trabalho.

Quer saber mais sobre o tema e como a gestão de celulares corporativos pode ajudar? Então confira o post a seguir!

O que é a gestão de celulares corporativos?

A gestão de celulares corporativos é uma política voltada para organizar o modo como smartphones são utilizados no ambiente empresarial. Ela tem como principal foco reduzir riscos e garantir mais qualidade para o uso dos aparelhos. Além disso, evita que gastos desnecessários ocorram e os profissionais possam aproveitar melhor os recursos existentes.

Em geral, essa política é feita para organizar as seguintes atividades:

  • gestão dos processos de segurança que envolvem os aparelhos;
  • monitoramento do uso de recursos;
  • qualificação dos profissionais para que eles possam aproveitar melhor os dispositivos;
  • criação de políticas de backup de dados;
  • definição de mecanismos para reduzir e mitigar riscos.

Por que ela deve ser utilizada?

A política de gestão de celulares corporativos é fundamental para dar ao negócio total controle sobre os aparelhos. Ela permite que os times mantenham um fluxo operacional flexível sem levar a um cenário em que times ficam expostos a vazamentos e roubo de dados. Ao mesmo tempo, maximiza a performance dos dispositivos com configurações robustas e alinhadas com as demandas da companhia.

Em outras palavras, ter um processo de gestão de celulares corporativos dá para a empresa a habilidade de aproveitar todos os recursos disponíveis em seu favor. Times poderão se comunicar com mais agilidade e entregar resultados em qualquer lugar. Assim, a empresa se mantém competitiva e capaz de evitar a perda de vendas.

Como implementar um processo de gestão de telefones corporativos?

Para implementar uma política de gestão smartphones a empresa deve ter uma visão sobre o seu perfil operacional e utilizar boas práticas do mercado. Entre as principais, nós podemos apontar:

  • escolha bons aparelhos — o dispositivo deve ter um bom suporte a atualizações e recursos de segurança nativos robustos;
  • adote uma política de updates — isso garante que atualizações sejam instaladas no aparelho rapidamente;
  • utilize recursos de segurança do software — muitos aparelhos têm funcionalidades voltadas para gestão de segurança corporativa;
  • solicite relatórios mensais — isso dá para a empresa mais habilidade de verificar como o aparelho é utilizado e o que pode ser feito para otimizar as suas configurações;
  • conte com o apoio de boas ferramentas — softwares de backup, controle de localização, gerenciamento de e-mail e monitoramento dão mais habilidade para a empresa se prevenir de roubos, ataques e possíveis riscos.

A mobilidade virou algo crucial para qualquer empresa que quer se manter competitiva. Mas para garantir que cada time tenha acesso aos benefícios de um fluxo de trabalho mais flexível, ter recursos bem estruturados e gerenciados é fundamental. Por isso, uma política de gestão de celulares corporativos deve sempre ser implementada.

Essa prática evita a perda dos aparelhos, roubos de dados e outros problemas de segurança. Além disso, auxilia os times a ter um uso mais eficiente das ferramentas e evita prejuízos. Por isso não deixe de incorporar essa estratégia no seu dia a dia!

Gostou dessas instruções? Então compartilhe o texto nas redes sociais e entre os seus colaboradores!

Você também pode gostar